Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Caríssimos, ultimamente tenho encontrado uma enorme quantidade de notícias deveras preocupantes e que me têm preocupado. Desde o pai atire matou o filho por se ter sentado em cima dele como forma de castigo, até ao hospital na China que foi demolido com pessoas no interior, passando pelo polícia que confundiu o instrumento do sujeito com uma arma branca (não o deixa de ser...). Graças a estas notícias o meu passaporte para o inferno foi assinado e carimbado, tenho gozado tanto com estas merdas que quase me sinto mal comigo mesmo.... Quase... - Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, hoje decidimos acender a lareira cá em casa. Digamos que foi um pouco difícil. Estavamos a desesperar quando, de repente, reparámos na bíblia na prateleira da sala (sim, temos coisas estranhas nesta casa). Decidimos, então, que a melhor solução, dado não termos acendalhas e os jornais já terem acabado, seria acender a lareira por obra do espírito santo (já que estamos na época natalícia). Apresento-vos, em seguida, os passos de "Como Acender a Lareira por Obra do Espírito Santo":

1) Pegar numa bíblia;

2) Abrir a bíblia no vosso salmo/texto bíblico favorito;

3) Ler o mesmo salmo/texto;

4) Atirar a bíblia para a lareira juntamente com uns fósforos acesos

Muito fácil, não é? Caso não resulte, basta ajoalharem-se em frente à lareira e rezar.

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, a minha colega de casa veio perguntar-me se tinha uns phones a mais. Respondi-lhe que não, mas cometi o colossal erro de lhe perguntar porquê. Esta foi, resumidamente, a resposta dela. Nota: leiam muito rápido e com pronuncia do norte marcada.

"- Então, é que no sábado, por volta das 14:30, por acaso acho que já eram 14: 35, mas pronto decidi ir ao salão da minha tia tratar das unhas. E lá ia a Catarina com o quê nos ouvidos? Os phones, tá claro. No caminho ela liga-me e eu disse-lhe: Olha já tou a caminho, daqui a 10 minutos chego e ela pergunta-me: Queres mais alguma coisa para além das unhas? E eu aproveitei: Olha já agora trato assim dos pelos e trago o tónico para o meu amigo. Então lá ia eu com os phones nos ouvidos e, ah já me ia esquecendo, tava um frio de rachar, nem sabes, tive de levar um casaco horrível de penas de pato, com o quê no bolso? O telemóvel, e ao telemóvel estava ligado o quê? Os phones, tá claro. E cheguei lá, fiz o meu serviço e, olha, saí de lá assadinha nem sabes. E voltei pra casa, com os phones nos ouvidos e chego lá e a minha avó disse-me: Olha Catarina, não temos leite em casa podes ir comprar? E lá fui eu à mercearia buscar um pacote de leite. Cheguei lá, procurei o leite magro e lá trouxe um da mimosa e já tava a pagar e a minha avó liga-me a dizer que afinal havia lá um pacote. Mas quem é que não sabe quantos pacotes tem em casa? Mas pronto, paguei e perguntou-me se queria saco e eu disse: Não Cremilda, eu levo o pacote na mão. O pacote do leite obviamente. E lá fui eu pra casa, com o meu casaco de penas, com os phones nos ouvidos e o pacote na mão. Cheguei lá e vi que o pacote da minha avó tinha menos duração que o meu então fui comer chocapics com leite do pacote que já lá estava. Quer dizer, era mais chocapics porque o leite perdeu-se ali no meio da taça e dos chocapics.  E ainda fui ver uma série, a comer os chocapic, que os episódios costumam durar 35, 40 minutos, mas este durava 42 minutos não sei porquê. E depois fui jantar e tava a ir para o quarto e a minha avó perguntou se ia dormir e eu disse que não sabia, já com ela fisgada para ir sair com os amigos. Mas acabei por adormecer. Mas olha, isto tudo só no sábado. E depois no domingo, bem no domingo não há muito para contar porque passei o dia a ver séries mas pronto, para resumir o que é que sucedeu? Os phones ficaram no caralho, ficaram no bolso do casaco de penas de pato. Pendurei atrás da porta. Como eu não trago o casaco para aqui porque é demasiado vergonhoso, deixei-o pendurado atrás da porta com os phones também. E a minha ideia era o quê? No domingo antes de vir, vou lá pego os phones e meto os phones na minha mala. Mas o que é que sucedeu entretanto? Eu não fui lá porque não me lembrei. Não me lembrei. Porquê? Porque eu estava nervótica porque eu queria ir lanchar e a minha avó foi-me esconder o puto dos pacotes de leite. É que normalmente as pessoas guardam o leite no frigorífico, não é? Digo eu. Nós temos dois frigoríficos, fui a um, foi a outro e não tava em lado nenhum. Onde é que raio ela meteu o filho da puta do leite? Não, tinha feito um pudim. Tinha feito um pudim com leite! Queria eu comer chocapics e não tinha leite para os chocapics. Tava eu, descansada não é, e o que é que eu faço? Então decidi fazer aquilo que muita gente faz que é comer chocapics em seco. E comi os chocapics e também bebi um ativia, tenho a dizer que faz logo efeito. Bebi o ativia e estou muito bem e liguei ao Diogo e perguintei assim: A que horas vais para o Porto? E ele: Ah sei lá, lá para as 3, 3 e pouco. Chegou-me a casa às 5 mas isso é outra história. Chegou-me ele a casa e disse 'Vamos!' e eu com a pressa toda olhei para as penas de pato e disse: Vou tirar os phones de lá. Mas não tirei, achei que era melhor deixar lá. Por acaso nem me ocorreu, tou a inventar. Saí da porta e nem me lembrei dos phones. Cheguei ao carro e procurei os phones muito afincadamente, muito afincadamente mas só via cenouras porque as cenouras não cabiam na mala então levei as cenouras ao meu lado. Não dava com os phones, então lá vinha eu e vinha a ouvir kizomba, vê lá se tivesse os phones livrava-me desse mal. Mas vim eu a ouvir kizomba e ele deixou-me aqui em casa e fiquei aqui e ocorreu-me: Ah como estou sozinha em casa e não quero incomodar os outros, vou pôr os phones no pc e ouvir um bocado de música para não incomodar as outras pessoas porque às vezes os vizinhos queixam-se. E entretanto eu fui aqui, busquei, busquei, busquei e olha, nem um phone trouxe, nem um. Depois eu percebi-me que os phones tinham ficado onde? No bolso do casaco de penas que usei ontem. Cheguei lá e deixei os phones nas penas de pato. Chego aqui e usei os phones da Germana e nem lhe pedi autorização mas eu sei que a Germana deixa porque é boa moça. E olha isto tudo para te explicar que os phones ficaram em casa, no casaco de penas e se me por acaso tinhas alguns phones que me pudesses emprestar porque olha tenho frequência amanhã e ainda só estudei metade dos power points. Mas em minha defesa devo dizer que já abri o próximo power point. Só que fechei foi o pc, mas o power point tá aberto."

Infelizmente não tinha nenhuns phones a mais.

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, como sabeis sou uma pessoa deveras religiosa. Quero deixar-vos um salmo que vos irá ajudar a purificar a alma.

 

Salmo 139:5 - Tu me envolves por trás e pela frente, e pões sobre mim tua mão.

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, imaginem duas torradas com manteiga. Imaginem que as têm de levar até ao quarto. E como sabem que são desastrados metem a face com manteiga de uma torrada com a face com manteiga da outra para que, caso caima ao chão, não fique tudo sujo. Qual a probabilidade de, na queda, as tostas se separarem e cairem as duas com a face cheia de manteiga no chão? Nenhuma caríssimos, mas a mim, como é óbvio, aconteceu... As estatísticas funcionam de um modo diferente comigo.

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, descobri que vivo com alguém muito chique quando ela tratou o adoçante por hermesetas...

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, as minhas colegas de casa, finalmente, provaram ser do mesmo nível que eu. Heis que, na avenida de Gaia, ao passarem a passadeira, uma senhora a conduzir um carro quase não as viu, por ir ao telefone enquanto conduzia e teve de fazer uma paragem brusca. Não, não as atingiu, mas uma mota que vinha atrás do carro foi contra o mesmo. As minhas colegas, divinas como sempre, continuaram andando, sem pestanejar e até disseram: "Somos tão lindas que, não só paramos o trânsito, como ainda provocamos acidentes". Fiquei orgulhosíssima.

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, sabemos que só nos damos com gente desprovida de inteligência quando 99% do chat são pessoas com a merda das fotos de perfil com as cores de França.

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, sexta-feira passada foi mesmo uma sexta-feira 13. Fui tomar café com uma amiga e fomos assaltadas. No assalto fui agredida e levei uma cabeçada na cara. Nem gosto de sair de casa agora. Sinto-me um negro, não só pelas nódoas negras mas também porque vou na rua e todos olham para mim de lado a julgar-me. Mas vou pensar positivo, pode haver alguém que queira fazer uma publicidade sobre violência doméstica e voluntario-me, não precisam de maquilhagem nem nada. 

 

- Prin'Cepa

Autoria e outros dados (tags, etc)

Caríssimos, quando eu acho que já vi tudo, aparece uma amiga com esta foto de um papel que está na parede de um gabinete do hospital onde está a estagiar...

Apresento-vos o iPito - "Equipamento eletrónico altamente viciante".

12243677_1217934551556457_1531352585_n.jpg

 

- Prin'Cepa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D